Festa de aniversário duplo, como fazer?

*Aviso: O post está enorme, mas delicioso. Leia tudinho, você vai gostar! 😉

Pode até parece bem clichê, mas essa é mais uma dentre outras várias coincidências que ocorreu (e ainda ocorrem) no nosso relacionamento.
Quando conheci o Hebert, estávamos conversando sobre horóscopos e signos quando ele me disse que também era capricorniano. O que eu não imaginava é que ele fizesse aniversário apenas 2 dias depois do meu – eu 4, ele 6 de Janeiro. Confesso que fiquei bem surpresa e presa em um misto de felicidade e medo; um namorado que faz aniversário quase junto de você é bem legal, por outro lado, uma dupla de capricornianos teimosos ao extremo não seria nada fácil! HAHA

Logo quando começamos a reformar a Casa Velha, decidimos que faríamos uma festa dupla para comemorar o nosso aniversário, afinal, uma festa só reuniria vários amigos que ainda não conhecíamos, sem contar que seria um custo só, sairia bem mais em conta do que fazer duas festas separadas. Mas aí vem a chuva de pensamentos: Como vamos decorar essa festa sem ficar masculino ou feminino demais? Como vamos explicar no convite que a festa é dos dois? O que servir? Como não gastar tanto e ainda assim fazer uma festa apresentável?

Decidimos que queríamos algo simples, mas arrumadinho. Usaríamos algumas coisas daqui de casa mesmo e alugaríamos outros poucos itens. Queríamos criar um clima aconchegante, com meia luz no quintal (onde aconteceria a festa) e uma vibe com um toque de romantismo. Não tínhamos grana para gastar em uma MEGA estrutura, mas estávamos dispostos a nos virar nos 30 para conseguirmos um resultado bacana, afinal, seria a primeira festa da @casavelha141. Tínhamos que arrasar!)

Então tudo começou pelo convite.
Fiz uma arte simples e objetiva. Bolei um texto que ficasse claro que o aniversário era dos dois e mandamos pelo whatsapp mesmo. Outra coisa legal e que também faz diferençá no orçamento final é pedir aos seu convidados que levem bebida alcoólica, caso bebam. Esse detalhe só aconselho fazer se realmente tiver intimidade com o convidado, que era o nosso caso. Todos que bebiam trouxeram seu engradadinho e foi sucesso!
o Convite foi esse:

O segundo passo foi decidir a decoração.
Na verdade não tinha muito o que escolher, o que precisávamos era conhecer bem o que já tínhamos para pensar no que usar para compor a festa. Outro fato importante que quero dizer, é que começamos a organizar nossa festa com apenas 2 semanas de antecedência, por motivos de: INDECISÃO! Tudo ficou extremamente corrido, mas com um pouco de paciência e muita ajuda, deu tudo certo.

Voltando ao assunto da decoração, lembram daquela minha mesa de cavalete que uso no escritório? Pois é, ela foi a nossa mesa principal. Nela colocamos alguns aperitivos, nossas taças personalizadas e o bolo. Decidimos também que seguiríamos na linha do dourado no que pudéssemos, assim ficaria unissex e glamouroso ao mesmo tempo. Outra decisão que tomamos é que seguiríamos uma linha mais clean, aproveitaríamos nossas coisas de um jeito natural, sem painel sem toalha… só o fundo de blocos de concreto mesmo, dando um toque de industrial misturado ao rústico da madeira da mesa, que ficou assim, antes do bolo:

Como disse acima, não queríamos gastar muito com coisas supérfluas, MAS queríamos muito dar uma lembrancinha significativa para cada convidado. Foi aí que tive a ideia de fazer algumas taças personalizadas. Assim, cada convidado à usaria durante a festa (evitando locação de copos ou a compra de descartáveis) e depois poderia levar para casa, como uma lembrança do dia.
Mandei fazer na Graffias Impressões e Brindes e se me lembro bem, cada uma saiu por 1,75. Todo mundo amou! ♥

Sobre as comidinhas, não ousamos muito.
Compramos alguns centos de salgados e os convidados puderam se servir à vontade. A única coisa que fiz foi um patê de frango, que ficou o tempo todo na nossa mesa junto com uma travessa de biscoitos e torradas. Assim, qualquer um podia se servir na quantidade que desejar. Foi uma decisão inteligente pois não precisamos gastar com garçom ou ficar de mesa em mesa servindo o tempo todo.

Agora, se teve algo nesse quesito que fez um sucesso danado foi o Bolo. Jesus amado, que bolo foi aquele… ♥
Vou ser bem sincera em dizer que NUNCA comi um bolo tão DELICIOSO em toda minha vida de gordinha (Estou escrevendo e minha boca tá um dilúvio!). Quem topou entrar nessa nossa louca festa com a gente foi a Thalitta da The Cake BH, que trouxe e montou essa tortura deliciosa aqui na @casavelha141 (estava muito quente no dia, e ela não quis correr o risco de transportar o bolo já montado. É muito capricho!)

Sabem quando dá dó de comer uma coisa, por tristeza antecipada de acabar? Foi exatamente o caso desse bolo. Tiramos um pedaço pra comermos depois da festa e deu até briga aqui! HAHAHA DELICIOSO, juro!

Deixando essa gostosura de lado (fiquei morrendo de vontade aqui), vamos falar de iluminação.
Na época da festa, ainda não tínhamos luz no quintal, mas queríamos MUITO que a festa fosse lá (por motivos de calor e espaço). Vi algumas inspirações no Pinterest com aqueles pontos de luz suspensos, e decidi que era exatamente aquilo que eu queria. Pesquisamos muito sobre compra e aluguel dessa estrutura de iluminação, e foi aí que entrou uma super parceria e ajuda: A Varal de Luz BH que é especializada em locação desse tipo de iluminação.

Usamos 100m de varal iluminado o que foi ótimo, pois nosso quintal é bem amplo.
Os fios já vem separadinhos de 20 em 20 metros, para facilitar a instalação (que é super personalizável e tranquila). As lâmpadas vieram em uma caixinha, prontas para serem instaladas depois da fiação já no lugar. Vem até uma extensão elétrica pra ajudar, se precisar. O que eu posso dizer é que FEZ TODA A DIFERENÇA na nossa festa. Sabe quando muda a vibe do ambiente, quando dá aquela calma, aquela sensação boa? Foi isso que senti quando acendemos as luzes. O sorriso saiu da boca sem querer… foi incrível!

Ainda sobre iluminação; eis o destaque da festa: o nosso letreiro iluminado!
Quando conheci a Dia D Letreiros iluminados no instagram, pensei: QUERO PRA MINHA VIDA!♥
Entrei em contato e expliquei que queríamos um ponto atrativo e especial em nossa festa, eles nos mostraram as opções disponíveis (que são várias) e escolhemos esse L♥VE INCRÍVEL!
A locação é super tranquila; a entrega é feita um dia antes do evento e a retirada é feita um dia depois. O painel vem todo embalado e as lâmpadas separadinhas em uma caixa. É só instalar e plugar na tomada (vem extensão também!). Nem preciso dizer que foi o ponto alto da festa, né? Tinha até fila pra tirar foto com ele. Foi MARA!

E é claro que não poderia faltar um dos itens mais essenciais para uma festa: BALÕES!
Nessa minha busca incansável por itens diferenciados e que realmente fizessem a diferença no nosso dia, encontrei a maravilhosa Mari, da Thot Balões que veio até aqui, fez sua obra de arte na frente, e transformou balões simples em algo incrível! Vou confessar uma coisa: Não deixei ninguém estourar nenhum, nem depois da festa. Minha vontade era guardar todos pro resto da vida. Ficaram lindos demais, todo mundo amou! ♥

Agora que vocês já sabem como tudo aconteceu e já conhecem todos os parceiros (que foram incríveis), quero mostrar como ficou tanta coisa linda junta. ♥ Fotos do resultado final:

E pra finalizar, os protagonistas da noite ♥

Espero que tenham gostado do nosso aniversário duplo e que este post tenha servido de inspiração!
Um mega beijo.
Até mais ♥

4 comentários sobre “
Festa de aniversário duplo, como fazer?”

  1. Eu quero, apenas, me casar nessa decoração MARAVILHOSA!

    AMEI!

    Agora quero até fazer um aniversário para copiar tudinho! Hahahaha

    Parabéns, Ary! Ficou perfeito *–*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *