Candidatas ao Miss Minas Gerais Plus Size | Entrevistas Parte1

Está chegando o grande dia de conhecermos a Bela Miss Minas Gerais Plus Size 2015
Para que vocês conheçam – bem – cada uma dessas mulheres lindas que estão concorrendo à coroa, eu e mais 2 blogueiras (que também estão cobrindo o evento) vamos entrevistar uma por uma para vocês.

Esse é o primeiro post de entrevistas e hoje estão presentes aqui 3 das 18 candidatas.
Confira outras entrevistas em breve no blog Trem Chique e no blog Eu Sou Poderosa.
Vamos às entrevistadas de hoje. Com vocês, Tayná, Michelle e Kelcia 😀

Tayná+Karen+canditada+miss+plus+size+Minas+Gerais+entrevista+blog

Vem cá menina: Qual sua idade e em que cidade mora?
Tayná: Tenho 24 anos e moro em Belo Horizonte.

Vem cá menina: O que a fez querer se tornar uma miss?
Tayná: É um sonho de infância (acho que meu e de toda menina né?). Agora que a moda plus size está em alta é a minha oportunidade de ingressar neste meio e não sair nunca mais!

Vem cá menina: Como você define o seu estilo na hora de se produzir?
Tayná: Sigo as tendências e procuro sempre me vestir de acordo com a ocasião e com o ambiente! Mas gosto muito de um vestidinho curto e uma rasteirinha de strass, rs! É mais a minha cara!

Vem cá menina: Qual seus objetivos pós concurso?
Tayná: Continuar no meio da moda plus size, seja como modelo ou como intermediadora! É algo que desperta o meu interesse. E o ambiente plus está em alta e tende a crescer ainda mais. As oportunidades vão se multiplicar após o concurso e eu vou agarra-las!

Vem cá menina: Qual a parte do corpo que você mais valoriza?
Tayná: Ele todo! Não escondo nada! Sempre usei biquíni, saia curta, vestidos, blusas decotadas… É claro que nada muito exagerado e que me fizessem parecer “sem noção”. Mas me acho bonita por completo!

Vem cá menina: Para você, qual a importância em participar de um concurso como este?
Tayná: A minha auto estima, que já era grande, agora está maior ainda. A minha vontade de mostrar pra todo mundo que o “padrão de beleza” está ultrapassado e que desde que tenhamos saúde, podemos usar manequim 56 sem nenhum problema!

Vem cá menina: Você tem alguma modelo em que se espelha? Quem e porque?
Tayná: Sim! Sou apaixonada pela Keka Demétrio e há pouco foi divulgada a participação dela no nosso concurso como palestrante. Me identifico com as postagens dela nas redes sociais. São um pouco de mim. A coragem de dizer as coisas e de expressar a opinião sem se preocupar com o que os outros vão achar!

Vem cá menina: Sua família te apoia à ser miss?
Tayná: Super… Tem horas que eu acho que eles estão mais empolgados do que eu, rsrs! Queriam até fazer baner, faixas, camisas e essas coisa pro concurso, rsrsrs! Coisa de doido né?
Mas eles estão me incentivando demais. Graças a Deus!

Vem cá menina: Qual impacto acredita ter um concurso como este no nosso estado?
Tayná: Na minha opinião é o maior evento de moda que os mineiros já presenciaram! Tá tudo muito lindo. A divulgação, o empenho dos organizadores, os blogs, as equipes e até nós candidatas… está tudo um espetáculo!

Vem cá menina: Qual o seu manequim? Já sofreu algum preconceito por se plus size?
Tayná: Atualmente visto 56. É claro! Desde sempre. Com 14 anos já vestia manequim 48. E vou te contar que era horrível ter que experimentar roupas adultas pois as de adolescentes não entravam nem no meu calcanhar, rsrs! Sem contar as piadinhas e apelidos na escola. Mas graças a Deus sempre fui muito resolvida quanto ao meu corpo. Muita das vezes eu entrava na brincadeira e no final das contas quem era zoados, eram eles! rsrs

Vem cá menina: Acha fácil encontrar roupas para manequins maiores?
Tayná: Atualmente sim pois o mercado plus size está cada dia mais expansivo. Mas há alguns anos era impossível achar roupas legais que me servissem. Acho que os fabricantes esqueciam que as jovens também podiam ser gordinhas e só faziam roupas com modelos mais sérios, sabe? Nossa, era um sofrimento toda vez que saíamos pra comprar roupas pra mim. Mas hoje em dia, nessas lojas populares de shopping já encontro e cada peça mais linda que a outra.

Vem cá menina: O que acha de se tornar referência para outras meninas e mulheres através do concurso?
Tayná: Será um prazer! Quem dera se todas as gordinhas fossem bem resolvidas como eu. Já ouvi de várias mulheres plus que não tem a coragem que eu tenho de usar biquíni e esse tipo de traje, e a minha resposta era sempre a mesma: ” Você tem que se amar do jeito que você é e não deixar que a opinião alheia te diga como se vestir ou comportar!”. Tomara que me conselho tenha sido válido, rs!

Vem cá menina: Defina beleza.
Tayná: A beleza está em nós e em quem nos permitimos ser! Eu me permito ser a gordinha mais linda do mundo, então a minha beleza é a maior de todas. Acho que é por ai. A beleza da mulher está no que ela acredita ser bonito nela, algumas gostam do cabelo, outras das pernas, outras dos olho e há outras que gostam do conjunto. Acho que nos sentir confortável é sempre a melhor opção de beleza!

Vem cá menina: Que mensagem deixaria para as pessoas que sofrem com o preconceito?
Tayná: Gente, o preconceito vai sempre existir e cabe a nós decidir se vamos deixar com que isso nos afete ou não. Eu optei por não me importar com a opinião das pessoas, optei por ser feliz do jeito que eu sou e espero que todo mundo se espelhe nisto. Nós somos muito mais do que as más linguás dizem por ai, rsrs!

Vem cá menina: Diga porque, na sua opinião, você merece ganhar o concurso?
Tayná: Sou o pacote completo, poxa! rs. Ah, é sempre muito complicado responder a essa pergunta! Mas, me vejo como a Miss Carisma e Beleza Plus Size 2015! E espero que todas as minhas característica, físicas e de personalidade, me ajudem a vencer o Miss Plus Size 2015.

linha pontilhada

Michele+Ribeiro+canditada+miss+plus+size+Minas+Gerais+entrevista+blog

Vem cá menina: Qual sua idade e em que cidade mora?
Michelle: Tenho 29 anos. Moro na cidade de São José da Lapa, região metropolitana de Belo Horizonte.

Vem cá menina: O que a fez querer se tornar uma miss?
Michelle: Ser vista. Sempre fui tratada como um patinho feio, as pessoas não me percebem. Por isso resolvi me inscrever.

Vem cá menina: Como você define o seu estilo na hora de se produzir?
Michelle: Sou uma pessoa bastante discreta e ao mesmo tempo informal. A minha roupa traduz muito da minha personalidade. Mas admito que preciso me atualizar nas tendencias. Rs

Vem cá menina: Qual seus objetivos pós concurso?
Michelle: Pretendo dar continuidade a seguir minhas metas. Quero entrar em uma agência e assim me deslanchar no mercado.

Vem cá menina: Qual a parte do corpo que você mais valoriza?
Michelle: O rosto. Acredito que seja meu cartão de visitas.

Vem cá menina: Para você, qual a importância em participar de um concurso como este?
Michelle: Acredito que tenha uma importância social. Pois representarei a minha cidade. Mostrarei para as pessoas quem sou eu. Mesmo não me adequando aos padrões de beleza, mereço ser admirada.

Vem cá menina: Você tem alguma modelo em que se espelha? Quem e porque?
Michelle: Sim. Isabella Fiorentino. Ela é uma modelo que me chama atenção, pois todos os trabalhos que faz sempre é bastante versátil. Isso me chama atenção nela.

Vem cá menina: Sua família te apoia à ser miss?
Michelle: Sim. Estão todos muito orgulhosos pela minha participação.

Vem cá menina: Qual impacto acredita ter um concurso como este no nosso estado?
Michelle: Quebra de paradigmas total. Ele se iguala a um concurso de modelos tradicionais. Com todo glamour e talento que os demais concursos possuem.

Vem cá menina: Qual o seu manequim? Já sofreu algum preconceito por se plus size?
Michelle: Uso atualmente de 50 a 52 depende do modelo. Sim sofro preconceitos em momentos que desejo comprar uma certa peça de roupa e não encontro. As vendedoras raramente tem disposição para mostrar modelos para gordinhas.

Vem cá menina: Acha fácil encontrar roupas para manequins maiores?
Michelle: Não. Quando encontro são sempre muito caras.

Vem cá menina: O que acha de se tornar referência para outras meninas e mulheres através do concurso?
Michelle: È abraçar e defender uma causa. Mostrar as pessoas gordinhas que somos normais, a diferença que temos uns quilinhos a mais e somos lindas do mesmo jeito. A beleza está nos olhos de quem a enxerga.

Vem cá menina: Defina beleza.
Michelle: Ousadia.

Vem cá menina: Que mensagem deixaria para as pessoas que sofrem com o preconceito?
Michelle: Se amem acima de tudo e mostre que vocês são especiais e merecem sim ocuparem seus lugares no mundo.

Vem cá menina: Diga porque, na sua opinião, você merece ganhar o concurso?
Michelle: “ Passos pequenos porém firmes, permitem grandes evoluções…”

linha pontilhada

kelcia+noemia+canditada+miss+plus+size+Minas+Gerais+entrevista+blog

Vem cá menina: Qual sua idade e em que cidade mora?
Kelcia: Tenho 31 anos e moro em Araxa MG.

Vem cá menina: O que a fez querer se tornar uma miss?
Kelcia: Sempre conectada as redes sociais, entrei no Site da producao, e me deparei que estava aberto as inscricao, eu me perguntei, porque eu nao, com apoio de toda familia resolvi a me escrever, e gracas a Deus deu tudo certo.

Vem cá menina: Como você define o seu estilo na hora de se produzir?
Kelcia: Ocasionalmente, optando pelo básico.

Vem cá menina: Qual seus objetivos pós concurso?
Kelcia: Pretendo seguir em frente, aproveitando cada chance que a vida me oferecer.

Vem cá menina: Qual a parte do corpo que você mais valoriza?
Kelcia: Eu amo meu corpo, eu amo ser gordinha, destacando meu olhar, pois ele reflete minha alma.

Vem cá menina: Para você, qual a importância em participar de um concurso como este?
Kelcia: Dentre outras coisas, ver que o preconceito esta sendo vencido no nosso pais, valorizando cada vez mais as gordinhas em geral.

Vem cá menina: Você tem alguma modelo em que se espelha? Quem e porque?
Kelcia: Aline Zattar, pela beleza, acima de tudo pela sua humildade e desenvoltura. Resumindo, sou sua fâ numero 1.

Vem cá menina: Sua família te apoia à ser miss?
Kelcia: Sim claro, todos estão radiante com a ideia. Todos na torcida.

Vem cá menina: Qual impacto acredita ter um concurso como este no nosso estado?
Kelcia: Primeiramente, destacar a beleza das gordinhas e provar que independente de medidas, somos lindas, cada uma no seu estilo.

Vem cá menina: Qual o seu manequim? Já sofreu algum preconceito por se plus size?
Kelcia: Manequim 44. Quando era criança sofri com bullyng, hoje em dia sempre tem um que solta “piadinha”, mas tento não me influir.

Vem cá menina: Acha fácil encontrar roupas para manequins maiores?
Kelcia: Nao. Quando encontro geralmente são básicas, mas existem sim roupas lindas, só tem que procurar.

Vem cá menina: O que acha de se tornar referência para outras meninas e mulheres através do concurso?
Kelcia: Acho incrível, pois, alem de estar realizando meu sonho, pode ajudar alguem a ter auto- estima, e muito gratificante

Vem cá menina: Defina beleza.
Kelcia: Beleza não depende de medidas impostas pela sociedade, cada pessoa possui sua própria.

Vem cá menina: Que mensagem deixaria para as pessoas que sofrem com o preconceito?
Kelcia: Que antes de tudo vença o preconceito dentro de si mesmo. Valorize-se, VOCÊ pode! VOCÊ consegue!

Vem cá menina: Diga porque, na sua opinião, você merece ganhar o concurso?
Kelcia: Porque será a realização de um sonho, possivelmente de muitos outros que virão.

linha pontilhada

Espero que tenham gostado de conhecer mais sobre as candidatas.
Me conte nos comentários se você já tem uma preferida, ok?
Conheça todas as candidatas ao Miss Minas Gerais Plus Size 2015 aqui.

Ah, vale ressaltar que parte das perguntas foram sugeridas por vocês, então, muito obrigada!
Um super beijos e até mais. Semana que vem tem mais entrevistas 😉

8 comentários sobre “Candidatas ao Miss Minas Gerais Plus Size | Entrevistas Parte1

  1. Acho super válida a promoção de um concurso assim!
    O nosso país é extramente preconceituoso e machista! Quando falamos de mulheres, fazem questão de logo rotular de “gorda ou magra”! Na minha cabeça elas são mulheres lindas e pronto. E concursos assim são uma forma de luta!
    Aguardando as próximas!
    Vai ter candidata plus e negra? *——–*

    1. Amiga, que bom que gostou! ♥
      Concordo plenamente com o que você disse e acho que é assim mesmo que vamos mudando aos poucos! 😀 Somos lindas e acabou!
      Sobre candidata negra temos uma sim *-*
      Super beijos, gata!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *